Lomadee, uma nova espécie na web. A maior plataforma de afiliados da América Latina.

MAIS UM ESCÂNDALO QUE VAZOU NA INTERNET (JOVENS BANALIZAM SEXO) - MENOR DE IDADE APARECE FAZENDO SEXO E VÍDEO VAZA E VAI PARAR NO FACEBOOK (VEJA O VÍDEO/GIRO BLOG EA - BAHIA)

VEJA OS DETALHES


A boneca, o carrinho e a conversa com os pais parece que agora dá lugar à sensualidade, ao desrespeito a si mesmo, ao 'faço o que quiser' e ao sexo de forma banalizada. É comum, atualmente, observar adolescentes - de 12 a 16 anos, 'soltos' em festas como se o tempo e o mundo fosse só deles. E, acaba sendo. As meninas, com short curto e tops, os meninos - na 'caça' e ânsia de desfrutar da puberdade.

Esta sensação de 'a vida é minha' parece ser traduzida nos vídeos e fotos espalhados por um dos 'melhores amigos' dos jovens de hoje. A internet. "Por trás da internet há o bem e o mal. Mas, há uma exacerbação sexual em nossas novelas que têm um papel preponderante na formação destes adolescentes", avaliou o presidente do Centro de Defesa da Criança e do Adolescente (Cedeca) de Salvador, Valdemar Oliveira.

Segundo ele, que há mais de dez anos trabalha na área, o fato de crianças de 12 a 14 anos, ou mesmo as mais novas de 4 e 5 já usarem sapato com salto alto aflora a sexualidade e que pequenos atos são coniventes com os familares. "Isso é claramente visto dentro das casas. Já se generalizou. As mães perdem o controle", afirmou Oliveira, que tem 68 anos e é pai de três filhos.

O presidente do Cedeca foi procurado pela reportagem, após receber um vídeo onde uma menina - que aparenta ter 16 anos no máximo, aparece transando com um rapaz, cuja fisionomia o coloca abaixo dos 18 anos. Mas, as imagens não revelam uma simples relação sexual e sim um ato filmado, compartilhado e, porque não dizer, dirigido pelos personagens principais e  'câmeras' que concretizam a produção pornográfica.

O jovem casal, morador do bairro de Fazenda Grande do Retiro, na capital baiana, já está com a imagem da transa compartilhada por mais de três mil pessoas na rede social facebook. "Os pais não têm como controlar por conta do comodismo. Assim, os jovens se sentem livres e os pais não observam a vida do filho", disse Oliveira, alertando que mais de 90% dos pais não conversam sobre sexo com os filhos. "A maioria deles não conversam com os jovens sobre nada", ressaltou.

Gravidez na adolescência - Enquanto as regiões Sul, Sudeste e Centro-Oeste comemoram uma redução absoluta, nos últimos 15 anos, do número de jovens grávidas com até 19 anos, Norte e Nordeste apresentam uma alta de 58% e 55% (bem acima do aumento populacional). Essa é a conclusão do DataSus, banco de dados do Sistema Único de Saúde, que acaba de ser divulgado.

O estudo mostra que no Nordeste, os casos de gravidez na adolescência aumentam ao mesmo tempo que a exploração sexual às margens das rodovias, em especial da BR-101.

Em 80% dos municípios cortados pela rodovia BR-101, o índice de gravidez na adolescência é maior do que a média dos Estados.

Na Bahia, Sergipe, Paraíba e Rio Grande do Norte existem cidades em que 30% das adolescentes ficaram grávidas. Na cidade de Teolândia, cortada pela BR-101 e BR-420 na Bahia, 35% das crianças ou adolescentes engravidaram.

No vídeo (assista abaixo) - a jovem, identificada na rede social por amigos e conhecidos que já cometaram o post, bem como o garoto, se mostram à vontade com as câmeras. Por sorte, nesta ocasião, foi utilizada a camisinha. Sem pudor, a menina 'mulher' e o menino 'homem' encenam como meros protagonistas uma adolescência disfarçada de 'gente grande'.

Assista o vídeo (para maiores de 18 anos) clicando aqui.


Informações: Bocão News
Em 22 de Abril de 2013/01:21

Nenhum comentário: